Chuparam minha buceta na balada

Me chamo Pamela, tenho 19 anos, esse conto erótico que vou contar para vocês realmente acontece, e vou dar a ele o nome de “chuparam minha buceta na balada”.

Para inteirar vocês e como já podem imaginar, eu sou lésbica. O que acontece é que, nesse dia específico, eu tive uma das melhores experiências da minha vida.

Consigo lembrar tudo como se fosse ontem, era uma sexta e eu resolvi ir para uma balada gay com um grupo de amigos e amigas. Lá na balada, que era enorme e muito movimentada, eu fui comprar alguma bebida alcoólica para tomar, mas não tinha muita certeza do que eu queria, então foi aí que surgiu ao meu lado uma garota dando uma sugestão, era de uma bebida que ela gostava bastante.

Como estava aberta a experimentar um drink novo, eu aceitei a sugestão dela. Depois de pegar a bebida, acabamos dançando um pouco juntas e conversando bastante, ela também era lésbica, muito linda e muito simpática, eu fiquei totalmente a fim dela rapidinho.

Ainda na pista de dança eu comecei a beijá-la bem gostoso, parecia até um beijo de novela, bastante intenso. Fiquei doida e molhadinha, estava louca para foder com ela ali mesmo, só não sabia bem como. Os nossos beijos continuaram e, então, só me veio a ideia de ir ao banheiro para foder com ela, logo eu peguei a mão dela e a puxei em direção ao banheiro, saindo da pista.

Assim que chegamos no banheiro, o clima começou a esquentar cada vez mais, ela me colocou contra a parede e, além de apenas me beijar, ela começou a passar suas mãos em meus peitos e na minha bucetinha, me deixando ainda mais molhada, até que não resisti e falei para ela me chupar.

Eu estava apenas com um vestido preto, o que facilitou muito, ela se ajoelhou na minha frente, só colocou a minha calcinha para o lado e começou a me chupar passando sua língua por toda a minha buceta, aquilo estava tão delicioso que não demorou muito para eu começar a puxar meu cabelo e me contorcer te tanta tesão.

Ela, não satisfeita só com a chupada na minha bucetinha, me botou para o outro lado, mandou eu apoiar minhas mãos na pia e começou a enfiar seus dedos gostosos em mim, eu já estava totalmente entregue a ela e disposta a fazer qualquer coisa que ela pedisse sem contrariar.

Aquela mulher enfiava seus dedos na minha bucetinha, no meu cuzinho, mordia meus lábios, me beijava com vontade e dizia a todo instante o quanto eu era gostosa, enquanto eu só sentia e aproveitava todo aquele prazer. Ela também estava ficando cada vez mais excitada, abaixou o meu vestido todo até o chão para ficar revezando o que fazia em mim, um momento ela estava chupando meus seios, outro ela estava chupando minha bucetinha e, em outro, ela enfiava seus dedos em mim.

Chegou uma hora que outras mulheres batiam na porta querendo entrar para usar o banheiro, mas mal sabiam elas que ali estavam duas lésbicas fodendo gostoso. Naquele banheiro eu tive o melhor orgasmo da minha vida, até hoje eu nunca fui comida daquele jeito tão delicioso.

Quem sabe da próxima vez volto aqui com mais contos sobre as minhas idas à balada para mostrar para vocês um pouco mais sobre essas deliciosas aventuras.

Últimos contos eróticos

Compartilhe esse conto erótico:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Mais contos eróticos