Chupei minha primeira buceta

Meu nome é Ana, tenho 21 anos, sempre me considerei hétero, nunca tinha ficado com uma mulher ou tido qualquer outro tipo de experiência com sexo lésbico, mas na semana passada eu acabei chupando a buceta de uma amiga minha e foi muito interessante, por isso resolvi contar para vocês como foi.

Era uma quinta-feira, quatro amigas e eu marcamos de passar a noite toda bebendo na casa de uma delas. Eu marquei presença e fui, mas nossas amigas não foram, então apenas eu e a amiga dona da casa ficamos lá, a sós, conversando besteira e bebendo a noite inteira, comemos alguns petiscos e, em pouco tempo, a bebida já tinha subido e eu percebi um desejo por prazer crescendo cada vez mais em mim.

Quando chegou a madrugada, eu senti um tesão surreal em mim, então falei para a minha amiga, que revelou também estar com muita tesão. Logo depois ela me perguntou se eu já tinha transado com uma mulher antes na vida, eu disse que não e fiz a mesma pergunta para ela, que também não havia tido essa experiência, perguntando em seguida se eu não estava a fim de experimentar.

Fiquei surpresa com a situação por alguns instantes, mas rapidamente gostei da ideia e respondi que queria sim, ela confessou que não tinha muita ideia de por onde começar, então eu falei para a minha amiga tirar sua roupa e me deixar chupá-la. Ela obedeceu, tirou toda a roupa e eu comecei a chupar com gosto, um pouco envergonhada no início, mas logo me soltei e vi que estava gostando bastante daquilo.

Quanto mais o tempo passava e eu chupava ela sem parar, mais eu sentia a minha amiga ficando completamente molhadinha, era claro que ela estava gostando muito de tudo isso e eu estava aproveitando bastante a oportunidade, já que também estava com muita tesão. Eu sentia ela ficando molhada, queria todo o seu mel na minha boca, naquele momento eu queria muito fazer a minha amiga gozar e tremer de prazer comigo, como nunca sentiu antes com qualquer outra pessoa.

A transa foi ficando cada vez melhor, mas eu percebi que a minha amiga estava demorando para gozar, então eu me deitei na cama e mandei ela vir pra cima de mim, ela jogou sua buceta na minha cara para que eu a chupasse, então eu caprichei e em pouco tempo ela gozou tudinho na minha boca.

Ela me chupou também, claro, logo depois, mas ela chupava melhor do que eu e, além de me chupar, ela foi além e enfiou dois dedos na minha bucetinha apertada, assim eu acabei gozando mais rápido que ela. Nós deitamos na cama depois disso e concordamos que não iríamos contar para ninguém sobre a nossa nova experiência, foi ótima e, nos dias que a gente estivesse se sentindo solitária e com tesão, nós sabíamos que podíamos contar uma com a outra, ela tinha meu número e eu tinha o dela, era só ligar.

Quem sabe eu volte aqui mais vezes para contar um pouco mais sobre esses nossos encontros deliciosos para vocês.

Últimos contos eróticos

Compartilhe esse conto erótico:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Mais contos eróticos